PRAÇA DA MATRIZ DE NOSSA SENHORA DO CARMO

PRAÇA DA MATRIZ DE NOSSA SENHORA DO CARMO

A Praça Nossa Senhora do Carmo existe desde a fundação da cidade de Morrinhos. É, portanto, o Marco Zero de nossa cidade. Primeiro como cemitério. O cemitério pertencia à Igreja Católica. Ali eram enterradas as pessoas pobres do Distrito. As pessoas importantes, endinheiradas, eram sepultadas na Igreja de Nossa Senhora do Carmo. No adro e no corpo da igreja. Há relatos de viajantes que passaram por Morrinhos no início do segundo cinquentenário do século XIX, dizendo que era comum, ao passar nas ruelas que circundavam o cemitério, dar de cara com sepulturas reviradas por tatupebas, deixando à vista os cadáveres em decomposição, o que lhes causavam repugnância. No segundo quartel do século XIX, o cemitério foi transferido para o local onde está a Fonte Luminosa, na Praça Dr. Raul Nunes. Em 1918, ele foi desativado com a inauguração do cemitério São Miguel, obra do Intendente Municipal, Alfredo Lopes de Moraes, já agora pertencente à municipalidade.