Prefeitura de Morrinhos busca envolvimento da sociedade no combate ao mosquito Aedes aegypti

Prefeitura de Morrinhos busca envolvimento da sociedade no combate ao mosquito Aedes aegypti

Com o alerta de risco de epidemia de dengue e no intuito de minimizar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, vetor também das doenças chikungunya, zika vírus e febre amarela, o prefeito Rogério Troncoso convocou reunião no seu gabinete na manhã desta quarta-feira, 31 de janeiro, para lançar a campanha de mobilização de combate ao mosquito transmissor. A ideia é envolver a população em geral em ações para eliminar focos do mosquito nos bairros.

Participaram do encontro entidades representativas, autoridades da cidade, vereadores, empresários, lideranças de instituições religiosas, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Foram apresentados os números de notificações dos últimos anos, cenário atual da estrutura da Secretaria de Saúde, além dos desafios propostos para 2018.

“Temos feito tudo o que está ao nosso alcance, desenvolvendo as ações que são prioritárias para ter o máximo de alcance possível. Nosso intuito com a campanha é ter novas parcerias justamente para ter uma abrangência maior no combate ao transmissor. Precisamos do apoio da comunidade e de todos vocês presentes”, disse o prefeito Rogério Troncoso.

A campanha traz como alerta o slogan “Morrinhos contra o mosquito Aedes”. Além de material gráfico e outdoors que serão expostos na cidade, foi orientado às entidades que se propague com maior frequência o alerta para que a prevenção às doenças comece nas próprias residências, evitando a proliferação do mosquito.

O secretário de Saúde, André Luiz Dias Mattos, salientou que a campanha se baseia na premissa de que quanto mais a sociedade estiver envolvida nas medidas de prevenção e eliminação de possíveis focos do inseto, maior será a probabilidade de resultados positivos para a população. “É nesse sentido que ganha especial relevo a atuação das entidades religiosas por conseguir reunir e levar informação para uma média de 60% da comunidade morrinhense”, reconhece em discurso.

De acordo com o vice-prefeito, Dr. Tércio Menezes, não se combate uma endemia somente com tratamento, se trata com consciência e com a ajuda de toda população. “Com a conscientização das pessoas, esperamos reduzir os casos de dengue esse ano. O fruto disso será uma população mais saudável. Temos muitas vezes uma preocupação maior com os doentes, mas precisamos também trabalhar a prevenção que é fundamental”, destacou.

Rogério finalizou a reunião lembrando que sem o apoio da população se torna impossível a luta contra o mosquito. “Na luta contra o Aedes é necessário que todos se unam e colaborem. O simples fato de eliminar um criadouro reflete positivamente no combate ao mosquito e a população é uma peça fundamental para que esta guerra seja vencida”.

 

Empenho

A prefeitura vai realizar mutirão mais de 100 pessoas, dentre elas agentes comunitários de Saúde e agentes comunitários de combate a Endemias, irão de casa em casa com intuito de acabar com os criadouros do Aedes aegypti e orientar os moradores. Ocorrerá também a distribuição de panfletos educativos sobre formas de combater o mosquito e prevenir a dengue, chikungunya, febre amarela e vírus Zika.

Open chat
1
Olá, seja bem-vindo! Em que podemos ajudar-lhe?
Nosso horário de funcionamento: das 07h30 às 11h30 e das 13h00 às 17h00 - segunda à sexta
Powered by