Sobe para 131 o número de casos de dengue em Morrinhos em 2016

Sobe para 131 o número de casos de dengue em Morrinhos em 2016

mosquito-aedes-causa-paralisia

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Núcleo de Vigilância Epidemiológica, atualiza, nesta quarta-feira (27), os números das ocorrências de dengue no Município de Morrinhos no primeiro quadrimestre de 2016. O relatório, divulgado hoje, apresenta os seguintes números: 256 notificações, 109 descartes, 131 confirmações e 16 suspeitas, registrados de janeiro a abril deste ano.

Segundo ainda o relatório, mês a mês os números são os seguintes: janeiro, 60 notificações, 43 descartes e 17 confirmações; fevereiro, 60 notificações, 40 descartes e 22 confirmações; março, 72 notificações, 22 descartes e 46 confirmações e abril, até o dia 26, 62 notificações, 4 descartes e 46 confirmações.

Os números confirmam que os meses de pico da proliferação do Aedes aegypti, transmissor da dengue, da chikungunya e do zika vírus, são mesmo março, abril, maio e junho, quando as chuvas vão diminuindo e o sol quente vai prevalecendo, fatores propícios para o surgimento de maior número de criadouros do mosquito. “É exatamente agora nesses quatro meses que todos devem redobrar os cuidados para evitar a proliferação do mosquito. Não podemos descuidar, eliminando tudo que pode acumular água parada, principalmente dentro de nossas casas e em nossos quintais. Não podemos deixar o mosquito nascer, porque vivo ele pode matar”, enfatiza Josyane Cruvinel, coordenadora do Núcleo de Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde.

Nos primeiros 4 meses de 2016, houve uma redução expressiva nos números de casos de dengue, em Morrinhos, em função das inúmeras ações emergenciais, como os mutirões, que a Prefeitura vem realizando incessantemente em todos os bairros da cidade, objetivando eliminar os criadouros do mosquito transmissor da doença.

“Enquanto em outros municípios do estado de Goiás, o número de casos de dengue cresce todos os dias, Morrinhos tem o privilégio de registrar cada vez menos casos confirmados de dengue clássico e nenhum de chikungunya ou de zika. É o resultado altamente positivo da mobilização da Prefeitura e de toda a população, que estão cada vez mais empenhados na difícil tarefa de combater o terrível mosquito Aedes aegypti e, se cada um continuar fazendo a sua parte, eliminando todos os seus criadouros, a tendência é termos uma cidade com um número cada vez menor de casos de dengue”, pontua a coordenadora.

Governo da Cidade de Morrinhos. O Povo em Primeiro Lugar!
Redação e fotos: Assessoria de Comunicação Social (Assecom)
Por Jorivê Siqueira

Open chat
1
Olá, seja bem-vindo! Em que podemos ajudar-lhe?
Nosso horário de funcionamento: das 07h30 às 11h30 e das 13h00 às 17h00 - segunda à sexta
Powered by