População deve redobrar o combate ao mosquito da dengue que também transmite o Zika vírus, que causa microcefalia em bebês

População deve redobrar o combate ao mosquito da dengue que também transmite o Zika vírus, que causa microcefalia em bebês

Mosquito-aedes-aegypti
O alerta é do Núcleo de Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde

O Ministério da Saúde confirmou no último sábado (28/11) que existe relação entre o vírus Zika e os casos de microcefalia na Região Nordeste do país. Segundo a informação, exames feitos em um bebê nascido no Ceará com microcefalia e outras malformações congênitas revelaram a presença do vírus em amostras de sangue e tecidos.

O resultado enviado pelo Instituto Evandro Chagas revelou, segundo o ministério, “uma situação inédita na pesquisa científica mundial”. O governo assegurou que vai dar continuidade às investigações para descobrir quais as formas de transmissão, como o vírus atua no organismo e qual período de maior vulnerabilidade para a gestante. “Em análise inicial, o risco está associado aos três primeiros meses de gravidez”, complementou.
Na sexta-feira (27), o instituto de pesquisa notificou o governo sobre outros dois óbitos relacionados ao vírus Zika. As análises indicaram que o vírus pode ter contribuído para agravar estes casos. “Esta foi a primeira ligação de morte relacionada ao vírus Zika no mundo, o que demostra uma semelhança com a dengue”.

Diante da descoberta, o Núcleo de Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde, pede a população que redobre as ações para combater o mosquito transmissor, o Aedes aegypti, responsável pela disseminação da dengue, Zika e chikungunya. “É preciso que a população fique cada vez mais atenta e ajude a evitar a formação de criadouros do mosquito, 80% deles estão localizados dentro de casa. Mais do que nunca é extremamente necessário e urgente que todos os recipientes que armazenam água parada sejam eliminados. O momento agora é de unir esforços para intensificar ainda mais as ações e mobilização no combate ao Aedes aegypti”, alertou o Núcleo.

Governo da Cidade de Morrinhos
O Povo em Primeiro Lugar
Por Jorivê Siqueira

1
Olá, seja bem vindo! Em que podemos ajudar-lhe?
Nosso horário de funcionamento: das 07h30 às 11h30 e das 13h00 às 17h00 - segunda à sexta
Powered by