Casos de dengue diminuem em Morrinhos

OK DSC_0029

Casos de dengue diminuem, mas medidas de prevenção devem continuar.

Com a chegada do inverno, o número de casos de dengue vem diminuindo em Morrinhos e em todo o País. Até agora são 1.223 casos notificados e 708 confirmados, segundo informa o Núcleo de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde.

O frio está chegando e os casos de dengue vão diminuindo em todo o País – o mosquito Aedes Aegypti não gosta muito das baixas temperaturas – e a tendência é de que o número de casos caia significativamente nos próximos dias, com a instalação do inverno.

Os últimos boletins do Ministério da Saúde sobre a dengue mostram que o número de casos vem diminuindo significativamente em todas as regiões do País. E em Morrinhos a situação não é diferente. Segundo os últimos números do Núcleo de Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde, já houve uma redução de aproximadamente 50% das notificações de casos na cidade. “Antes do frio, os casos notificados variavam de 80 a 112 por semana e agora esse número caiu pela metade, com a notificação de 52 casos. Essa diminuição dos registros de dengue se deve ao fato de que as baixas temperaturas e a falta de chuvas dificultam bastante a proliferação do mosquito que detesta o frio. Entretanto, não podemos nos acomodar e todas as medidas preventivas possíveis devem continuar sendo tomadas pela população”, alerta a Coordenadora Josyane Cruvinel.

Os últimos números da dengue em Morrinhos, segundo informa Josyane, são os seguintes:
CASOS NOTIFICADOS – 1.223
CASOS CONFIRMADOS – 708
CASOS DESCARTADOS – 237
CASOS EM ANÁLISE – 250
CASOS INCONCLUSIVOS– 28

“Vamos continuar tendo casos, mas não na mesma proporção que vinham ocorrendo. Muitas ocorrências demoram a chegar ao Núcleo e muitas das vezes nem chegam até nós. Felizmente, a transmissão da doença já dá sinais de diminuição”, explica Josyane.

OK DSC_0024

Governo da Cidade de Morrinhos. O Povo em Primeiro Lugar!
Redação e fotos: Assessoria de Comunicação Social (Assecom)
Por Jorivê Siqueira