CREAS promove Fórum de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Morrinhos

CREAS promove Fórum de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Morrinhos

O Centro de Referência Especializado de Assistência Socia realizou, na tarde desta segunda-feira, 14 de maio, o Fórum de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que contou com grande presença do público que também acompanhou toda a programação do evento. A iniciativa foi da Prefeitura de Morrinhos por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social.

O fórum faz parte de uma campanha maior, que é a “Faça Bonito – Quebrando o Silêncio”, que visa ampliar as discussões e o combate à exploração sexual de crianças e adolescentes. O evento foi aberto pela coordenadora Cicília Rosa, que destacou, em sua fala, a importância da ampliação do debate sobre o tema. “É, sem dúvida, um tema de extrema importância para toda a sociedade, que precisa ser cada vez mais discutido. Por isso essa movimentação da Prefeitura de Morrinhos em parceria com todos os órgãos de proteção é tão oportuno”, disse.

Participaram da mesa de abertura evento o prefeito Rogério Troncoso; a primeira-dama Terezinha Amaral, o vice-prefeito Dr. Tércio Menezes; os secretários de Saúde e Educação, André Luiz Dias e Fabiana Toledo; o tenente coronel William Rosendo; o capital Weslei Ferreira; a coordenadora da Polícia Tácnica Científica, Mayara Alves; o inspetor da Polícia Federal, Amarildo Caldeira; coordenadora da Regional de Educação, Cleide Mara;  a presidente do Conselho Municipal da Criança e Adolescente; Maria Sebastiana; a representante do Judiciário, Juliana Helena Toledo; e a vereadora Núbia Ferreira.

A palestra, proferida pela psicóloga Mônica Letícia Costa, foi voltada para os reflexos emocionais no comportamento de crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual. Segundo ela, 90% dos abusos são praticados por uma pessoa de confiança de qualquer criança e que o abuso deixa marcas para o resto da vida delas. “Este é um ponto muito importante: o abusador sempre é uma pessoa muito próxima e de confiança da pessoa, como parentes de primeiro e segundo graus, um vizinho, etc. O abuso, em geral, faz com que as vítimas corram risco de desenvolverem psicopatologias graves, que deixam marcas físicas e psicológicas para o resto de suas vidas”, destacou.

Ao final, o anfitrião e idealizador do fórum agradeceu a presença de todos que compareceram. “É um tema que demanda muita sabedoria de nossa parte para ser debatido e enfrentado. Não podemos ficar calados, pois ele nos atinge todos os dias e muitas vezes esquecemos de quem está na ponta, que é a criança. Temos que cuidar dos pequenos e das pequenas, pois elas são o que temos de mais valioso: o futuro”, finalizou o prefeito Rogério Troncoso conclamando a todos o pedido de ajuda.

Alunos e alunas do Núcleo São Francisco de Assis apresentaram a coreografia da música “Choro de Criança”. Todos os envolvidos se emocionaram com a exposição da dança e peça teatral carinhosamente retratada pela professora Biana Bernardo e sua equipe de Educação Física.