Prefeitura adere a campanha Outubro Rosa e prédios ganham iluminação especial

Prefeitura adere a campanha Outubro Rosa e prédios ganham iluminação especial

Para apoiar ações de prevenção ao câncer de mama e de colo de útero, prédios públicos e a estátua do Cristo Redentor – estão com iluminação cor-de-rosa.

A Prefeitura Municipal de  Morrinhos aderiu a campanha “Outubro Rosa”, que visa a conscientização sobre os perigos e a necessidade de prevenção do câncer de mama. O movimento popular Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo.

A cor rosa alerta para o problema do câncer de mama no mundo e a iniciativa integra as ações do movimento mundial de mobilização pela conscientização sobre a importância da detecção precoce da doença.

Os prédios da Prefeitura receberam a iluminação especial. Quem também está na cor rosa é a estátua do Cristo Redentor.

HISTÓRIA

O nome remete à cor do laço rosa que simboliza a luta contra o câncer de mama no mundo inteiro. O objetivo é enfatizar a importância da prevenção do câncer de mama

O Outubro Rosa chegou ao Brasil em 2008 por iniciativa da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama). O movimento prevê ações durante todo o mês em várias cidades do País, entre elas a iluminação de prédios e monumentos históricos na cor rosa, como o Cristo Redentor e o Santuário Nossa Senhora da Penha, no Rio de Janeiro.

A história começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referentes ao câncer de mama e à mamografia no mês de outubro. Posteriormente, com a aprovação do Congresso americano, outubro se tornou o mês nacional de prevenção do câncer de mama. O laço cor-de-rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure em 1990. Na ocasião, ele foi distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York. No Brasil, a primeira iniciativa em relação ao Outubro Rosa foi a iluminação em rosa do Mausoléu do Soldado Constitucionalista – mais conhecido como Obelisco do Ibirapuera -, em São Paulo, em 2002. Vários estados brasileiros aderiram à campanha deste então, em cidades como São Paulo, Santos, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador, Teresina, Brasília, entre outras.